Quais são os 7 principais certificados de nivelações em inglês?

By Martina D. - abril 05, 2018

Você já ouviu falar em TOELF ou IELTS? Estes são apenas alguns dos principais exames para comprovar internacionalmente qual é o seu nível de inglês, para quem pretende estudar ou trabalhar no exterior. Confira abaixo mais detalhes sobre cada um dos 7 principais exames internacionais:


TOEFL – Test of English as a Foreign Language

“É o principal certificado, o mais famoso”, diz Marianthi. Com validade por dois anos, é aceito em grande parte das universidades dos Estados Unidos e muitas da Europa, mediante uma nota mínima estabelecida.

“O TOEFL avalia o domínio de inglês do candidato, dentro de um ambiente acadêmico”, afirma. Já há instituições brasileiras que adotam o certificado como pré-requisito.Há diferentes modalidades de prova. Mais informações: no site do TOEFL

TOEIC – Test of English for International Communication

“É um certificado mais prático voltado para área corporativa”, diz Marianthi. A base da avaliação são situações reais de trabalho – reuniões, viagens e ligações telefônicas, por exemplo – e a nota não tem validade definida, a priori.

O inglês americano predomina, mas o candidato pode se deparar com um exercício de compreensão oral em que se ouça sotaque britânico ou australiano. Mais informações: no site do TOEIC

CAMBRIDGE – First Certificate in English (FCE), Certificate in Advanced English (CAE) e Certificate of Proficiency in English (CPE)

Muito comum ser exigido para quem pleiteia uma bolsa de estudo internacional, além, é claro, de aparecer como requisito em universidades ao redor do mundo e, sobretudo, do Reino Unido.

A validade é permanente são cinco níveis de certificado: básico (KET), intermediário (PET), intermediário superior (FCE), avançado (CAE) e proficiência (CPE). Mais informações: no site Cambridge English

IELTS – International English Language Testing System

O IELTS surge como requisito acadêmico, corporativo e pode ser aceito para fins de imigração. De acordo com Marianthi, é reconhecido principalmente, por universidades no Reino Unido, Austrália, Canadá e Nova Zelândia. Inclui redação, interpretação de texto, compreensão auditiva e expressão oral.  Mais informações: no site do IELTS

ECPE – Michigan: Examination for the Certificate of Proficiency in English 
“Testa habilidades e conteúdo típicos de universidades e empresas, mas é mais voltado ao enriquecimento da carreira. Não o vejo aparece como pré-requisito”, diz diretora do Language Factory Centro de Idiomas, que compara o resultado do teste ao CPE, nível de proficiência do Cambridge.

Por isso, a indicação é para quem tem nível avançado. Quem obtém nota média de aprovação recebe o certificado e quem recebe nota alta recebe o Certificate of Proficiency With Honors. Mais informações: no site Cambridge Michigan

BEC – Cambridge Business English Certificate

“É produzido pela Universidade de Cambride e testa o inglês dentro do mundo corporativo”, diz Marianthi. Por isso é indicado para quem estuda na área de negócios, mas não há necessidade de experiência prévia em uma empresa.

São três opções de nível: Business Preliminary (classificação B1 no CEFR), Business Vantage (classificação B2), e Business Higher (classificação C1). Mais informações: no site Cambridge English

GMAT – Graduate Management Admission Test

É uma prova de admissão exigida pela maior parte das escolas de negócios nos Estados Unidos e Europa. O exame vai além do simples domínio do inglês: mede as habilidades matemáticas, de análise de dados, verbais e de leitura e escrita analítica dos candidatos a MBA e a cursos de pós-graduação. “O GMAT busca medir o que costuma se chamar de inteligência mental, ou seja, a habilidade de tomar decisões sob pressão de tempo”, diz Marianthi. Mais informações: no site do GMAT.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários