A importância do inglês para a terceira idade

By Martina D. - julho 20, 2017

"É possível aprender uma segunda língua em qualquer idade." Diz Michael Valenzuela, pesquisador do instituto Neuropsiquiátrico do Hospital Príncipe de Gales, em Sydney, na Austrália. “Aprender um novo idioma exige bastante em termos cognitivos e envolve muito trabalho mental de repetição, o que provoca no cérebro uma torrente de mudanças positivas”.

A neurocientista Ellen Bialystock, da Universidade de York, Canadá, passou quase 40 anos aprendendo sobre como o bilinguismo estimula a mente e sugere que falantes de mais idiomas apresentam maior capacidade de concentração e tornam-se mais distantes de demências como a doença de Alzheimer (CRAIK, BIALYSTOK et al., 2010). Há pesquisas também que evidenciam que é extremamente benéfico aprender uma língua depois de adulto, evitando até mesmo males como o Alzheimer, já que falar ou mesmo apenas estudar uma outra língua faz com que as sinapses trabalhem mais.

Ou seja, aprender inglês na terceira idade pode prevenir doenças, estimular a mente e a capacidade de concentração. E não é só isso: ser bilíngue pode melhorar as habilidades de escuta do aluno, já que o cérebro precisa trabalhar mais para distinguir diferentes tipos de sons em duas línguas.

Existem algumas pesquisas que comprovam  que aprender uma nova língua na terceira idade torna-se mais complicado, mas não existem pesquisas que comprovem que idosos são incapazes de aprender. Isso ocorre devido a diminuição da neuroplasticidade.

A medida que vamos nos especializando em nossa língua materna, estas conexões do cérebro se fortificam e fazem diminuir a nossa sensibilidade para línguas estrangeiras” diz a especialista e cientista Madhuvanthi Kannan.

E também há estudos que apontam que aprender idiomas de forma intensiva ainda faz o cérebro “crescer”. Um estudo sobre isso foi publicado no jornal NeuroImage por pesquisadores da Suécia que afirmam: “partes do nosso cérebro crescem quando nos empenhamos em aprender uma língua estrangeira em um curto espaço de tempo.”

Fonte

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários